terça-feira, 21 de março de 2017

Nojo. É o que tenho por ti. Porque cada dia que passa revelas-te cada vez mais cabrão.

sábado, 4 de março de 2017

Digo-te:

Neste momento não te posso dar amor.
Só sexo.

e abraças-me!

[preferia que saísses porta-fora!]


Mas não. Tens essa capacidade de me surpreenderes mesmo quando te tento mandar embora. [Se fosse possível reprogramar a cassete do coraçao seria bem mais fácil].

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Prometi que já não iria chorar mais por nós. Mas não consigo.

Onde perdemos a essência?

Nunca foi tão certo. Seguirmos em frente separados.
O que resta?
Mágoa.
Amizade parece-me muito difícil. Não consigo e não sei se quero.



                                                :(

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Gostava que as coisas dessem certo sem grandes preocupações, sem grandes esforços, sem que tenha que ser  uma luta constante. 
Às vezes gostava que assim fosse [assim de quando em vez!].

domingo, 29 de janeiro de 2017

Apoiavas-me. Sempre.
É nas situações difíceis que me lembro o quanto me amavas e o quanto fizeste por mim. Às vezes penso que se esbarrasse contigo num sítio qualquer que não resistiria em abraçar-te! E fico de coração cheio ao pensar que também tu não resistirias. Porque és melhor do que tudo aquilo o que de menos bom nos aconteceu quando seguimos rumos diferentes. Eu talvez não seja. Ma tu és bem melhor, de certeza.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

que a tua fé e coragem não me faltem minha avó!

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Realmente! o mundo dá muita volta!
Grata por conseguir!
A justificação é simples: eras especial, agora és indiferente.
Não posso com mentirosos!

domingo, 9 de outubro de 2016

Parabéns!

E hoje só me apetece chorar...
Tanta vontade de dizer... que ainda te amo e que ainda não quero desistir!
Sei que disse que tinha desistido. A cabeça sim. O coração não! Continua aqui à espera que algo aconteça! Mas tens que ser tu! Eu já não consigo.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Amor velho cura-se com amor novo!

grata*

domingo, 14 de agosto de 2016

só te pedi sinceridade. e nem isso foste capaz! o vazio lembrar-te à do meu aconchego!
Tanta vontade de te dizer que te amo*, que te quero, que precisamos voltar ao que éramos e que esse teu curso e este meu trabalho arruinou. És senhor doutor. Eu nem mais rica fiquei. Antes pelo contrário! Ficámos mais pobres! Tudo me faz lembra de ti! E não acredito que não sintas o mesmo! Não consigo acreditar! Estás a enganar-te a ti próprio!. Ainda ficou tanto por vivermos! não vale desistir*  Acorda!

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Li isto e a lágrima espreitou...
Fomos tão isto!
E a última frase derrubou-me!
Parece que foi escrito por nós...

http://jafoste.net/fica-com-alguem-que-seja-a-motivacao-para-a-tua-loucura-e-para-o-teu-juizo/

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

"[...]Fica com alguém que te transborde. Que te faça sentir que tu vais explodir de tanto amor. Que te faça sentir a pessoa mais especial do universo. Fica com alguém que dê sentido a todos os clichês apaixonados [...]"



Li isto e lembrei-me de ti!


e lEmBrO-Me tE Ti mAiS Do qUe qUeRiA!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Um caco! [é como me sinto :(] mas mereço!

sábado, 26 de dezembro de 2015

hoje é daqueles dias em que me sinto mesmo desamparada :(
precisava tanto de um abraço vosso!

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Preciso de luz*

[e de um abraço teu minha Mãe!]

(mais do que nunca tenho-me lembrado das tuas palavras...)

Sempre aqui.

sábado, 31 de janeiro de 2015

Sermos quase atropelados por um camião em pleno Alentejo profundo...


                                   porque decidiste parar de repente.....




                                                                                              só para os nossos lábios se tocarem!




[habituaste-me tão mal, que menos que isto é pouco!]
ErA TuA E De mAiS NeNhUm!

[Era. Pretérito imperfeito.]


sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Volto nesta condição. Sem ti.
1 ano. E ainda te procuro numa frecha de luz, num rasmalhar de sabe-se lá o quê!
Ainda te oiço respirar, naquele sono de quem dormita e não descansa. Descanso esse que só voltarei a ter, um dia, quando num abraço te voltar a encontrar.

Minha Avó, minha musa, minha guerreira.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Parabéns!? [sabe-se lá porque é que meto isto aqui!?
]
A tua excepcionalidade foi do melhor que podia ter tido.
Mas não tens o direito de me colocar nesta posição, nem de pôr em causa aquilo que tens! 
Sinto que nunca vou conseguir retribuir o que fizeste por mim...
Feeling bad :( [nem sei que dizer :(]

sábado, 2 de março de 2013

esta música é qualquer coisa...




Saudades de estar contigo, de ter esse teu apoio incondicional e de me fazeres sentires especial. Sim porque quando não nos sentimos especiais, é sempre muito bom ter alguém que nos mime, que nos abrace e nos faça sentir qualquer coisa de especial. E tu sabias fazê-lo bem.Tão bem que me deixaste mal habituada.  Posso ser demasiado egoísta ao dizer isto, mas é o que sinto :(


[PoRqUe há cOiSaS QuE sEi qUe nUnCa mAiS VoU OuViR...
pOrQuE HÁ CoIsAs QuE SeI QuE NuNcA MaIs vOu sEnTiR...]



e a culpa é tua... [que me deixaste mal habituada :(]
se calha já perdeu a piada toda e não demos por isso...
Tenho saudades de cá vir...
[principalmente agora que vou sair da minha zona de conforto...
e porque se cair, não tenho o meu chão de suporte*]

Agora era o momento.

Porque sim*

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Encontrei um sabonete de uma pousada de Reguengos e senti um aperto de saudade...
[Mas porque é que guardamos estas coisas?] -.-

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

PARABÉNS :) [Sei que é ou foi for estes dias].
 Continuo na mesma, distraída.
 Desejo-te tudo de bom :)
[e apesar de tudo o que aconteceu, acredito que saibas que este desejo é do fundo do coração].

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Era ter essa tua lábia de excelente comunicador, mais essa mágica ternura que lhe faz sentir especial e era perfeito!

[Assim ficamos pelo quase quase :)]

Mas pronto! Não se pode ter tudo :)

domingo, 25 de novembro de 2012

DeSiGuAl ;)

Porque ser diferente é isso mesmo. É superar as expectativas. E quem não gosta come menos.
Porque ontem só me apetecia chorar...

 - então chora...

[Porque te amo*]

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

[há dias em que tanto se estica que se acaba por destapar e deixar ao frio coisas mais importantes :(]


... e vai-se a ver fica o gelo e patina-se :(

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

[Às vezes gostava que fôssemos  (todos) naturalmente felizes...]

Mas isto é só um desabafo.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Eu: mas eu tenho consciência que tens razão... :(
Ela: Mas eu não quero a razão! Só quero que voltes a ser como antes!


Bah :( [verdades que doem... mas não sei fazer de outra maneira :(]

Vou tentar compensar ;)

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Reparei que está a dar um filme do Steven Seagal... o tal do rabo de cavalo.


[e TU não estás aqui comigo a ver o filme, não me acompanhas a comer bodegas nos intervalos  e não acordas comigo às quinhentas da manhã no sofá a dizer que são horas de ir para a caminha...]


Parece que o ponteiro do relógio só anda à roda lá fora. Cá dentro parou.


Que saudades!
Às vezes a distância é amiga. Ou talvez não.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

[porque só tu me dás este sorriso parvo...]


Bigaduh :)

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Já me senti psicologicamente melhor nestes três anos...

[porque tu nunca tiveste lá a 100%...]

Bah :(

Parece que te perco a cada segundo que estamos longe. Ter-te é uma conquista diária. E eu luto com todas as armas que tenho.




terça-feira, 3 de julho de 2012

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Sinto mais saudades tuas do aquelas que queria ter...
[é assim... esta mistura de coisas... :(
]

segunda-feira, 4 de junho de 2012

sE HÁ dias em que se sentiu sozinha HoJE fOI um Deles :(
Acha-lhe piada à forma como ele diz que está nervoso. Tentou enquadrá-lo agora no quadro de super-homem onde sempre o colocou. Sabe-se lá porquê, mas sempre o considerou uma referência.

{Ou anda a dar pinceladas sem côr ou as suas referências são fracas e desajustadas.}


 [Porque o super-homem não fica nervoso.]

sábado, 26 de maio de 2012

Vim cá só para dizer que hoje senti saudades tuas e das nossas pequenas coisas...

quinta-feira, 19 de abril de 2012

"a gente afeiçoa-se a eles... mês a mês... pontapé a pontapé..."







[Bah :(] Merda de semana :(

sábado, 7 de abril de 2012

[Há séculos que não vinha aqui :(]











Mas regresso em breve :)

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Confusa :(


[e não gosto nada de sentir isto... não outra vez:(]

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Decisão tomada -.-
Com tanta correria ainda me tinha que cair do céu uma oportunidade capaz de mudar a minha vida assim uns 90 graus ;) [digo céu porque não sei se voltarei a ter uma oportunidade destas, atendedo à crise em que se vive :(]
Gostava muito, é um facto mas esta não me parece ser a altura indicada [talvez não exista altura indicada, mas neste momento é aquilo que penso :S].
E pronto, a mudança fica adiada por mais uma vez -.-

[Porque há coisas que têm mesmo que ser... e o que tem que ser tem muita força!]

Adios Portimone city!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Tanta coisa a acontecer e eu sem saber para onde vou ou para onde quero ir. Pior que isso é não saber se quero ficar...

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

DuAlidAdES

PeNsAr vs SeNtIr ...

terça-feira, 23 de agosto de 2011

E lá vamos nós para mais uma aventura :)


[isto promete :P]

domingo, 7 de agosto de 2011

- Mas trabalhas amanhã?

Me: Não!

- Então porque é que vais?

[Fui mas acabei por voltar :) E foi por isto que fiquei :)]



[Não havendo nada a fazer... mais vale construir momentos felizes...]

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Contente com a tomada de decisão :)

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Pisar cocó de cão acontece...

Falar contigo e ficar neste estado não não deve acontecer...

[não é necessário nem justo!]

Bahhhhhh

domingo, 10 de julho de 2011

[in]voluntariamente perdida?


Mais uma quarta-feira
[pensamento positivo

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Estou triste, pelas mesmas razões de sempre.
Acabei de ter uma conversa parva com a minha melhor amiga. Mais triste fiquei.
E a partir de terça feira vou precisar de muito pensamento positivo. Seja o que fôr. Cá estarei :(

domingo, 26 de junho de 2011

Não me queres mentir, mas também não me queres dizer a verdade...


[E ficamos nisto? Eu zangada e tu triste?]

domingo, 12 de junho de 2011

M - Mas porque é que não me disseste?

T - Pela mesma razão que tu não me disseste!




[...]Mas onde é que eu já vi este filme?

sábado, 11 de junho de 2011

o AmOr É SeXuAlMeNtE TrAnSmIsSÍvEl!?

[Agora é esquecer de lembrar...]



Grande noite my friends :)

terça-feira, 7 de junho de 2011

Tempo.
Estou a precisar de tempo para mim, do meu espaço. E estou outra vez com dificuldades em dizer que não!
[às vezes é tão difícil dizer as coisas sem magoar... :(]

terça-feira, 24 de maio de 2011

Estes dias...

Para variar tenho tido muita vontade de vir cá escrever, mas a luta entre a vontade e a preguiça é sempre grande e não preciso de dizer qual delas ganha quase sempre.
De facto muita coisa mudou desde a última vez que cá esvrevi.
Não sei se estou mais forte ou se é impressão minha mas tenho trabalhado menos (muito menos) e não me tenho sentido mal por isso. Já consigo estar mais tempo com o ser que me habita sem pensar tanto...
Excusado será dizer que me tenho baldado aos turnos na unidade... e que tenho aproveitado esse tempo para descontrair e estar mais tempo com a avó :)
...
*Belas jantaradas com malta fixe da unidade :P
*Noitadas até altas horas da manhã :P
*Dia de SPA muito bom depois de uma saíde de vela :P
*Semana académia do melhor com o grupinho quase todo :)
*Belos momentos com o homem da minha vida e família :)
*Noite de gala a superar as minhas expectativas*
*Amizade fortificada [nada se perdeu afinal :)]
*Crepes ao terminar a noite e a ininciar o dia :)
*Cantar sem destino músicas que tocam cá dentro a duas vozes :D
*Boa praia com grupinho :)



PS: As melhoras para a avó :)
Parabéns ao menino :)
Deixei de fumar :p
Afinal sei o que quero! :)

Abracinho apertado ao grupinho :)

sábado, 7 de maio de 2011

Nervosa [não sei porquê!?]




E apetecia-me dizer tudo o que me vai na alma neste momento... :)
Mas corria o risco de fazer uma grande asneira :P

terça-feira, 3 de maio de 2011

Há tanta coisa a apontar para o mesmo...
Até a música me persegue...
Será que sou só eu que não quero/consigo ver?


Fonix páh... [irrita-me tanta coincidência junta...!]


[e eu que nunca fui de acreditar nestas coisas... mas que me faz confusão... FAZ...]

terça-feira, 26 de abril de 2011

*Sem estôfo :S

E não há um bocadinho de mim que não tenha medo...


*Com a lágrima a bailar-me no olho, mas aguento TUDO!

[Só não quero que sofras (mais ainda...)]

sábado, 23 de abril de 2011



Passei só para partilhar o quanto é bom ter Amigos que estão lá sempre :)






E é tão bom acordar de manhã e saber que temos uma rede que nos suporta se a queda for grande ou pequena!









Bigado por tudo :)












PS: A viagem foi escandalosamente boa :)



*andar kms de mochila às costas e com companhia do melhor;)



*comer morangos a azeitonas às tantas da manhã e dormir no chão :D



*beber daquela cerveja que escorrega bem ;)



*idas ao supermercado e jantares num quarto de hotel :D



*passear à beira rio, de dia ou de noite, num país desconhecido :P



*um guia português que nos liga para o hotel :D



*lagos fantásticos e paisagens de querer guardar para sempre :)



*andarmos perdidos numa floresta à procura de sabe-se lá o quê :D - só sabe quem lá vai :D



*um susto :O






[o resto fica só connosco :P]






sábado, 16 de abril de 2011

Pessoalmente não amei... Mas o que tem o amor a ver com isso? [...]

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Uma manhã atribulada... pelo meio uma análise de sangue, uma avaliação de desempenho, um início de tarde parva, com uma atitude mete-nojo,do tipo desaparece-me da frente!; uma chegada a casa na dúvida, uma confissão que não podia deixar de fazer algo, com um fim-de-tarde/início de noite/manhã no serviço de urgência como utente, onde reina o salve-se quem puder [com muita pena minha porque todos temos direito ao melhor...]. com um esforço enorme para não chorar, com alturas em que não consegui, mas a desculpa do - "ah... entrou-me uma porcaria para olho"- resulta sempre... um olhar que me acalmou e uma atitude que me deixou agradecida para a vida [depois de tantas vezes teres ficado num cadeirão à espera de um tratamento mãe...]; um regresso a casa cheio de medo, uma tosse que volta sempre..., um cansanço acumulado... um sem número de coisas para fazer e sem motivação que me chegue... o que fica? - vocês... MEUS AMIGOS que mais uma vez estiveram lá! Obrigado. Um agradecimento especial à Catarina [foste um anjo esta noite!]

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Hoje é daqueles dias em que só me apetece chorar. Dói demasiado não ter o vosso abraço...

terça-feira, 29 de março de 2011

Parabéns Mãe... [Tantas saudades...] Foi preciso perder-te para te amar ainda mais... [MaS JÁ De nAdA SeRvE...]

domingo, 27 de março de 2011

Não páro para não pensar. É um facto. Irrita-me olharem para mim com ar de reprovação por ter um part-time a andar sempre a correr de um lado para o outro. Irrita-me solenemente, mas já não respondo. Não corro para ganhar mais dinheiro. Ajuda nas contas sim senhor. Mas não corro pleo dinheiro. Corro por mim. Por manter-me ocupada, distraída e o trabalho é a única coisa que consegue diminuir o abismo que sinto cá dentro.

- Ah e tal.... ocupa-te com coisas que gostes... Não é a mesma coisa. A entrega não é a mesma e há sempre um aperto cá dentro. E mais não sei explicar. Hoje não tenho nada para fazer. Os planos de última hora foram pelo cano e aqui estou em frente ao computador a tentar perceber onde estou dois anos depois. Não me lembro de estar assim sem nada para fazer durante este tempo todo. Não me lembro, porque andei sempre a fugir disso... E agora... dois anos depois, onde estou? Na mesma. Não no fundo do poço, mas ainda dentro de água, a tentar pular para o parapeito, que não deixa de ser tão escorregadio como o resto das paredes. Páro e fico nisto. Desejando fugir para qualquer lado, onde não me lembre de deitar lágrimas fora e de pensar o que sou. Dois anos depois e não consigo ir àquele sítio (à última morada de todos nós) com a frequência que devia, porque é como a constatação de algo que eu ainda não acredito. Não falo muito sobre isso porque ainda continuo a sentir que conto uma história que não é a minha. Só lá vou quando o mano está comigo e é porque me sinto na obrigação, senão acreditem que não ia. Também já lá fui sozinha, porque prefiro, e assim não mostro àqueles que gosto o quanto me sinto perdida e desamparada.



[Este blog faz-me um bem do caraças... Depois de deitar isto cá para fora parece que fiquei um bocadinho mais leve...]


Mas continuo inevitavelmente triste :(

sexta-feira, 25 de março de 2011

Parabéns Pai...




[Não sabes o quanto me fazes falta...
Tenho muitas saudades tuas e daquele beijo ao adormecer...]


E mais não sei que dizer...

segunda-feira, 21 de março de 2011

Assim... de quando em vez... gostava de desaparecer do mapa sem que ninguém desse conta... (!?)

terça-feira, 15 de março de 2011

Há dias assim... [entre cá e lá...]





Que saudades...
Recusou a boleia...
E continuou, ao frio e à chuva, como se de um dia de sol se tratasse...

[Seria perigoso partilharem o mesmo chapéu de chuva...]

sábado, 12 de março de 2011

A falta de autenticidade das pessoas repugna-me!




[...]

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Não consigo ficar muito tempo sem cá vir... É um facto.

E hoje tive mesmo que passar por cá, porque estou com necessidade de falar de coisas soltas, quiçá sem nexo, mas deveras importantes para mim.

Não queria falar nisto, mas é mais forte do que eu...
2 anos e 10 dias. Por esta hora estava a viver o pior dia da minha existência. E continuo na mesma, sem acreditar e à espera que algo aconteça...

[...] Quase que não te consigo olhar. Aliás... deves reparar o quanto evito olhar-te nos olhos, o quanto fujo quando me falas e o quanto as palavras me faltam para te falar. Quase que mudo de corredor só para não ter que me cruzar contigo. Mas tu não tens culpa. Antes pelo contrário. Ajudaste-me quando mais precisei. Mas não consigo. Ao olhar-te revejo todos os minutos daquele dia - vejo a cara de pânico com que entrei no teu quarto a pedir ajuda, os gritos de desespero, o sentimento de morte eminente, a falta de acreditar na vida, o pensamento de que iria acontecer outra vez...
É por isso que fujo. Não consigo!


[...]




Voltei a fazer o que disse que não devia fazer mais. Voltei a cair. Mas chega!





Voltei às loucuras desmedidas... mas boas ;) [Que se lixe!]

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

CaRpE DiEm
Percebemos que certas pessoas já não nos desorientam e quase nada resta, quando somos desorientadas por outras ;)

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Bah :( Confirmado


Tá complicado isto :(

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Ando insuportável.
Amuada.
Refilona.
Desejando que venha 2011.



[Obrigado menino... pela tarde, pela paciência, pelos abraços apertados, pelas palavras... enfim... por me aturares...]

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Então e ele discutiu por causa disso?



Não! Mas a discussão é cá dentro... [lá bem no fundo de mim...] :(


Sempre a mesma m************** :(
Essa tua indiferença distraída dói pa caraças pá! :(

[Mas sei que não é por mal...]




[Não fosse eu um bocadinho assim...]
0h


Tenho meia hora de trabalho e estou de rastos. Apanho gente antipática, nariz empinado, com ar de donos do mundo. [A humildade nunca fez mal a ninguém!]

Não me faz moça, porque assim o deve ser e faço aquilo que me compete.


3h

Como kk coisa e vamos embora.

5h

Lavo a cara. Refresco a alma.

- Esta é a hora em que começo a ficar feia! [Diz a Ginji olhando-se ao espelho!]
Não me consigo conter, [obviamente] e desatamos a rir...
[Viva estes bocadinhos que no meio de uma noite atribulada nos renovam as energias!]


7h

Quase que não damos passo.
Agora sim, gente simpática.


9h

Já devia ter saído. Mas faço o esforço. Há coisas que não podem deixar de ser feitas.




10h.

Sento-me na cama. Nas mãos tenho umas quantas folhas para ler. Não sei se consigo. Não sei se o faça. Adormeço.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Qundo não tem que ser...



[Pensa-se como poderia ter sido..]




:(



Venha o novo ano!
6 minutos...

- Muito Bom!


[Pelo menos isso... :)]

sábado, 25 de dezembro de 2010

Acabei agorinha de comer uma pratada de massa gratinada com tudo o que engorda como se não houvesse amanhã...


... e agora saboreio uma super fatia de bolo de chocolate daquele de comer e chorar por mais...




(isto tudo para esquecer uma noite atribulada.!...)



[E daqui a pouco quero estar a dormir toda enroladinha debaixo das mantinhas da minha cama, com a minha pikena mais linda ao meu lado a tentar combater o frio que vai cá dentro...]



[E não me acordem antes das 18h da tarde porque não tenho paciência.......


Bahhhhhhhhhh]


Amanha é outro dia.
Cumprimentos a todos aqueles que, tal como eu, se encontram a trabalhar, a cuidar de quem mais precisa...


Abreijo :)

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Parece que é véspera de Natal...







[E não há o abraço apertado da mãe.... o beijo lambuzado do pai...]




[Custa todos os dias... mas há dias....]
Só pa comunicar que não vou enviar enviar mensagens de Natal...Porque quem é importante está lá no ano inteiro... e eu também estarei... pa quem esteve e para quem estiver... Porque as acções permanecem a quem as pratica... e isso mostra-se todos os dias.... :)
E a história repete-se... :(

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Acabo de escrever que não te vou dizer mais nada e a primeira coisa que faço quando te vejo é falar contigo!

Caraças, pá!





[Coisas que não se controlam :(]


Mas não abuses..., ok?
Decidi que não te vou dizer mais o que quer que seja. Não sei se vou conseguir. Mas tenho que fazê-lo.




[Por mim.]

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Tudo calmo. [Dormem por longos períodos...]
Medicação preparada.

Fome aperta. Que se lixe a dieta.
Alheiras e chouriça assada às 5h:30 da matina :P


9:30h.

[Agora sou eu a dormir :P]



14:30

Duche rápido e almoço ultra-sónico...


15:30

Cesariana
Cesariana
Cesariana
Cesariana
Cesariana.

(irraaaaaaaaaaaaaaaaa que já aborrece! Comi alguns 20 rebuçados!)

22h
Lancha-se e janta-se como se não houvesse amanha!

23:30

Ah e tal... Parece que vou seguir noite...


3h



Dejavú? [lololol]


Tudo calmo.
Pensamento positivo para que assim continue... :P
*Chove...


Noite um bocadinho para o surpreendente é ir jantar à outra ponta do sotavento, com comidinha do melhor... companhia acolhedora... bar aberto a convidar para as misturas mais estranhas... (haja imaginação lolol), sobremesas de comer e chorar por mais... e terminar a noite em conversa de sofá, com abracinhos apertados, ao sabor de uma shisha de frutos apetitosos...



[...]

Regressa-se ... [porque daqui a umas horas trabalha-se...], ao som de boa música, cantarolando aos altos berros (porque ninguém nos ouve...), música lamecha que nos apetece ouvir e que nos toca bem lá dentro... O Honda não anda mas desliza e as estrelas que procuramos pelo panorâmico são as nossas companheiras de viagem...


E chegar a casa e pensar que foram umas horas bem passadas e esperar que a próxima vez chegue depressa...

Thanks*

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Lá está a vida a trocar-me os planos sem sequer pedir... :(






Cum caneco pá!




[i'm sorry for the times i killed your dreams... :(]
...and i wonder if i ever cross your mind...for me it happens all the time...:(




[BAHHHHHHH]

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Jantar ontem.
Jantar amanhã.
Jantar Sábado.

Vale a companhia... [que o apetite não é grande coisa... :(]



[Não te baldes... «preciso-te*]

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

[Não era suposto!...]

MAS TENHO SAUDADES TUAS!




bAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH




[ (e)... ver-te todos os dias não chega...]
Não estou habituada a que sejam simpáticos comigo em bancos, finanças ou o que quer que seja...
Geralmente ainda mal abrimos a boca e saltam-nos logo com uma pedrinha na mão!

[Obrigado à Silvia da CGD pela simpatia e apoio naqueles minutinhos e que me dirijo ao balcão e em que só me apetece gritar, chorar, fazer birra, tal qual moçoila pequena...]


Como é que posso avançar com alguma coisa se eu ainda não acredito?



- Marisa... Isto tem que ser feito! [Diz-me ela com ar de quem fala sério a brincar...]


- Eu sei... [Mas não tenho conseguido...]
Démos tudo de uma vez só.
E hoje não sobrou nada [nem aquelas brincadeiras parvas em que nos riamos até mais não...].

domingo, 12 de dezembro de 2010

Dói-me a cabeça. Sei que também é cansaço, mas a maior parte desta dor é interior. Ando tão sensível e ao mesmo tempo tão revoltada. Tanto me apetece virar costas e dizer tudo o que penso como permanecer em silêncio e...

Não consigo parar de fugir de certas coisas e sofro tod0s os dias com isso.
E hoje nem escrever me apetece. Amanhã é outro dia. [Espera-se!]

sábado, 11 de dezembro de 2010

TENHO UMA SEMANA PARA FAZER O QUE ANDEI A ADIAR ESTE ANO INTEIRO.






[porque tenho medo do que virá e não não sei se tenho estofo...]





Na tua lentificação habitual, perguntas-me:

- Em nome de quê ou de quem?



*Era feliz. Casada, marido atento e preocupado. Casa própria. Profissão escolhida. Uma bebé com quase um ano, que era [é?] a luz os olhos dela.

26 anos.
Do nada, foi-lhe diagnosticado um tumor cerebral. Cirurgias e mais cirurgias. Nada há a fazer. Confusa, desorientada, perdida num universo só dela.
O marido deixou-a.
A mãe não a pode ter perto...
A filha cresceu longe do olhar dela. Há dias que a conhece, outros nem por isso...

[No fundo deve existir a esperança de que tudo irá voltar a ser como dantes...]







E eu, sentada, frente a fente, convencendo-a a comer e a tomar os medicamentos. Resulta na maior parte das vezes. Digo-te que se não comeres não te dou aquele abraço... o tal de todos os dias, que se tornou um ritual entre nós. E nem sabes o quanto às vezes me contenho para não chorar, nesse conforto confuso e desorientado, mas bem assente no chão. Porque há dias que também mal me conheces. E eu não te conhecia. [E antes não te conhecesse!]

E hoje decidiste que não querias comer. Decidiste que querias deixar de tomar os medicamentos. Decidiste e pronto. E eu desfaço-me em justificações para comeres, em boas razões para não deixares de tomar os medicamentos... Mas nada...

E agora já não falas. Gritas desalmadamente:

- Em nome de quê ou de quem? [Sinto-te a raiva no olhar...]


E eu não te respondo.



[Aperto-te contra mim à espera que alguém nos responda...]

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Percebe-se que a noite está a ser uma bosta quando gasto mais dinheiro em amendoins do que em álcool... :(


[Sempre um tudo-nada...]
:(

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

COMPLETAMENTE FARTA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


(Bigada à Z pelas imagens giras ;)

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Pózinhos mágicos* :)

[precisa-se!]

domingo, 5 de dezembro de 2010

Volto sorrindo quando me cobras o abraço apertado que te prometi.. Não te esqueceste*
Gosto-te*

sábado, 4 de dezembro de 2010









[Coisas por resolver...]

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Giro giro foi um chinoca virar-se para mim,com ar intrigado e dizer (arranhando o português...):


- Ah! Já não te conhecia!Estás diferente...

Hum... mas eu não o conheço... - Respondi de olhos em bico!


-Não? Chuva? Autocarro?



AH... ISSO... lol

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O que fica...

Talvez um dia te consiga explicar porque é que não...



[qUando dEiXaR-MoS De sEr iMpOrTaNtEs...]
{Nessa altura já não dói...}

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Não minto quando, hoje, à luz da minha existência, [digo] que me divirto mais se tiver uns copos à mistura, um q.b. de coisas que antigamente era completamente contra... Sem eles há sempre um eu consciente que não se liberta, uma culpa que não sai, um grito de fracasso que não se silencia, um abraço que não se sente - porque ficou por dar...





{precisas disso para te divertires?
-Preciso![uma resposta que não compreendia aos 15 anos... }
- ONZE E MEIA?
Com ar indigando, preocupado, olhas para o relógio.

- Cuidado com a estrada!

E nem sabes o quanto me fez bem ouvir essas palavras, tão espontâneas, tão naturais, cheias de carinho e de uma tal preocupação que deixei de ter...

Arranco a chorar, mas não me mostro....

Thanks*

domingo, 28 de novembro de 2010


Assim como quem não quer a coisa, vens cá ver-me e eu...


Fico asssim um bocadinho para o muito CONTENTE :D





[PS: Always there.. thanks :)]

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

LaÇos qUe dEiXaM De seR...

Se havia coisas que com o tempo ainda podia dar o benefício da dúvida que se iriam restabelecer, dou aqui e agora, por terminada essa ínfima possibilidade... Há coisas pelas quais não vale a pena lutar... Se não foi especial... não era agora que seria...

E com isto vamos aprendendo e vivendo...





[pIkEnAs dEsIlUsÕEs qUe NÃo mAtAm mAs MoEm...]





PS: A cirurgia do baixinho correu bem :) As melhoras para o Diogo :) Obrigado pelo pensamento positivo :)

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Corrente POSITIVA :)

Este blog encontra-se inundado de PENSAMENTO POSITIVO para o "baixinho" mais simpático que conheço :)



Vamos todos pensar positivo para o Diogo ultrapassar com sucesso mais esta batalha :)

sábado, 20 de novembro de 2010

LiGaÇÕeS...

Não sei porque vens à procura de algum conforto nas minhas palavras quando eu não tive as tuas!
E tal é o teu estado de obnubilaçao que confias desesperadamente...
Tento fazer ver-te a verdade, tranquilizo-te e digo-te que não tens razões para estar assim.
E apanho uma bofetada da minha consciência que insiste em lembrar-me que não devo ocupar, agora, o lugar que tu não guardaste para mim!
Não tenho necessidade de me envolver nos teus problemas, que bem lá no fundo, também são meus (assim como os meus eram teus!), se as ligações de sangue fossem importantes como no cinema...
A vida reeducou-me assim...
[não sou má pessoa... más há coisas que não se conseguem jogar para trás das costas... [dói demasiado...]]








NÃO TE PERCAS AGORA!



[Não depois de tudo...]
PS: Parabéns atrasados ao meu blog! Fez 3 aninhos...

terça-feira, 16 de novembro de 2010

faz-me bem :)














[...]

domingo, 14 de novembro de 2010


Calo-me quando dizes que nunca iremos encontrar alguém assim...

[Continuo muda e perco-me em pensamentos...]


Bahhhhhhhhhhhhh








CoIsAs cOmPlIcAdAs [POrquE É qUe dóI?...]

sábado, 13 de novembro de 2010

Depois do paraíso.... [uma semana assim para o cheia...]



*Turnos e mais turnos...

*Revelações no mundialito de futsal...

*Pressão psicológica do meu enfermeiro de família para uma consulta de planeamento familiar (achei engraçado ;) há quase um ano que não meto lá os pés..);

*Formação teórico-prática todos os dias...

*Levar nas orelhas por me baldar ao jogo...(férias são férias...) [houve quem perdesse cafés...];

*Jantar com o Mr.; (4ª)

*Jantar com pissoas especiais* (5ª);

*Jantar do curso (6ª);


*Jantar do grupinho (hoje lol);


*+ 5 kg [1 kg a contar com o arsenal de ferros que tenho nos dentes lol];

*convite de casamento de uma amiga (ainda estou a recuperar da notícia:))



[e mais umas coisinhas pelo meio...]



CoNtEnTe cOm A TomAdA De dEcIsãO :) [vALOR quE DoU/NÃo DoU Às PeSsOaS... ]


[ah... e finalmente o amigo chegou... {Ufa!}]

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Às vezes distancio-me tanto daquilo que sou que nem me reconheço...



Bahhhhhhhhhh... Desculpem... mas às vezes...


EXPLODIR é preciso....




AHHHHHHHHHHHHHHHH




[Com que idade é que tu percebeste que falhaste na vida? :( Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh]




Tanta trabalheira para me encontrar e nada... :(

domingo, 7 de novembro de 2010

Mais leve agora!

sábado, 6 de novembro de 2010

H E
o
j d
e a
q
n u
ã i
o
a
p
o m
s e
s i
o a

d h
e o
i r
x a
a
r s
e
d r
e á

c t
o u
n d
c o
o
r d
d i
a t
r o
.
c .
o .
n
t
i
g
o
!

Com todas as letras...

Nunca fui e não sou boa comunicadora. Gostava de saber dizer coisas reconfortantes mas não sei. Talvez porque não gosto de dizer aos outros coisas que nem eu própria acredito. Preciso de pensamento positivo, de esperança, de fé ou algo que me valha...
De alguma coisa hão-de servir os abraços...

Sei o que sentes.
Compreendo-te.
Força Mariana!
Admiro-te.. sabias?
Abracinhoooooooooooooooo



PS: A flôr é para ti...

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Se não me conheces, não me julgues...
Lá por que me vês na boa, fresca e fofa como dizes, não significa que é isso mesmo que sinto. Aliás... se me conhecesses saberias o que sinto. Todos temos uma capa que vamos criando com os pontapés da vida. Essa capa não significa necessariamente que aparentamos ser uma coisa e somos outra. Criamo-la para nos protegermos... E assim é uma maneira de andarmos para a frente.. ou pensamos que andamos. Porque preciso de ser assim.. louca, doida, por vezes inconsciente e irresponsável para poder não andar para trás. Sou isto tudo. Faço isto tudo. Mas vocês continuam cá {para sempre} e nada mudará isso.



Percebeste as entrelinhas? Ou queres que explique outra vez?


Pronto.. ok..


NO MEU MUNDO SÓ ENTRA QUEM EU QUERO!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Cheguei...


E a primeira coisa que tenho vontade é de chorar... :(




Isto é só um cheirinho...








[oLhOs qUe nÃo vêEM... cOrAçãO QuE NÃo SentE...! Não?]



Dias fantásticos :)

terça-feira, 26 de outubro de 2010

[...]

Malas feitas!

I wish*

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Depois destas duas semanas loucas... Aguardo religiosamente o meu retiro no outro lado do mundo :)




Espero voltar cheia de energia e de coisas boas para contar :)



[Homenzinho dos céus... Não me trames... ok?]

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Hoje o rádio do carro esteve com o volume mais alto que o habitual...


Não fosse correr o risco de ouvir a minha consciência...





[Foi estranho, acho que mais ou menos bom... mas uma loucura escandalosamente irresponsável...]




Do pior eu... REALMENTE! - Tu orienta-te rapariga...!?

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Bahhhhhhhhhhhhhh



Mas porque é que a minha vida é sempre um tudo ou nada?



Que cena pá!


Tudo ao mesmo TEMPO!

Que merda :(


[Homenzinho dos céus.... dá-me um bocadinho de tempo... :(]

Faltam 8 dias...





FÉRIAS À VISTA :D...





(E estas vão ser a muitos kms de distânciaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...)



Em excelente companhia :D

domingo, 17 de outubro de 2010

2minutos ;P

Conheço-te de costas. Há coisas que não mudam. As loucuras dos velhos tempos, desses belos velhos tempos permanecem cá denro bem guardadas, com o carinho invulgar da nossa amizade. Apito. Estaciono. Esperas por mim. Em dois minutos fazes-me mudar de ideias sem quase falares comigo. Não precisamos falar para nos percebermos, para nos entendermos, para nos encontrarmo-nos. Continua aqui essa cumplicidade. Não se perdeu e que bom saber que não se perdeu. Essa tua loucura desmedida mas saudável faz-me bem. E era isso que estava a precisar sentir.. de nouvo outra vez. E pronto, obrigado pelo bocadinho. Em dois minutos decidi o que andava a arrastar há 4 semanas...

Há coisas que não mudam, também nós :)

Thanks.


[A minha loucura é quase sempre pequena ao pé da tua... E isso faz-me bem :D]

sábado, 16 de outubro de 2010




Rumo aos quartos de final :)

PS: A nossa claque mete qualquer uma a um canto :D

domingo, 10 de outubro de 2010

find me...




E continuava estrada fora até lado nenhum... :)
...ritsiser et rop etnetnoC


[...matnavel es sotla siam serolav euqrop]


Ou pensas que isto é a casa da sogra? LOL

sábado, 9 de outubro de 2010

São dias...

Ando triste... Mais nervosa do que o habitual, com crises de ansiedade e com uma falta de ar estranha... Sinto um aperto no peito, uma triteza profunda que só me apetece ficar o dia inteiro a acertar contas com a almofada... Quanto menos trabalho, mais cansada me sinto, mais preguiçosa fico. Não me apetece fazer nada de nada. Quanto mais tempo tenho para mim mais mal me faz :(. Não sei quanto tempo aguentarei andar numa correria constante (porque é nessas alturas que me sinto menos mal...). Ando-me a baldar completamente às coisas que gosto, ao ginásio, ao futsal, às pessoas que gosto... Não me apetece conversar e ultimamente nem sair de casa.


São dias... espero :(

TENHO MUITAS SAUDADES


[e tenho medo de ir viajar...]

MEDO DE TUDO...

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Porque é mesmo isto que sinto...




"Tenho medo de esquecer a melodia da vossa voz, os trejeitos do vosso olhar..."




(retirado de http://oamoreperfeito.blogspot.com)


PS: Mais um blogue que vale a pena espreitar...

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Like a stone...





Saudades de ouvir esta música naquele Polo magnífico :)


PS: Saudades de te ter à minha espera...

domingo, 3 de outubro de 2010

Antes e depois de mim




ESTOU EU!




[há dias em que não faz mal ver o horizonte...]
Sim tenho 25 anos...



... e tenho patas de galinha que provem!



[BAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH]


(a idade não perdoa, lol)

sábado, 2 de outubro de 2010

Quando repensas e queres voltar atrás, é sempre fora de tempo...
[as segundas oportunidades são só para alguns...]



Caraças, pá :(

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Se
gritar
o
quanto
tenho
SAUDADES
vossas,
será
que
alguém
me
ouve?

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Bloco de Partos soma e segue no MUNDIALITO DE FUTSAL




[é esta a notícia de primeira página do site do meu hospital...] Um mino lol


... isto está a mover o hospital inteiro... não têm noção...


Parabéns à comissão organizadora. Muito bom mesmo :)



PS: hat-trick... [again... ] :) Missão cumprida! né meninos? :P

DREAM TEAM :)

terça-feira, 28 de setembro de 2010

PARABÉNS
à minha amiga Carla Mestre e Teresa Viegas :)
Tudo de bom para vocês

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

TeNhOnEcEsSiDaDedEDizErQuEUmDiAoSoLbRiLhAráPArAtOdoSnÓS...



Porque se há coisa que me tens feito é ver o mundo de uma forma um bocadinho diferente.
Porque ao pé de ti continuo a sentir-me PiKeNa.


ADMIRO-TE (assim bués da muito :))

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Uma enorme vontade de aceitar e partir à descoberta...



Mas depois penso melhor e acho que vou ao desencontro dos meus princípios [outra vez...:(]

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Olho para ti, pareces-me porreiro e tal.. Dizem que és uma excelente pessoa... Fico na dúvida, obviamente (se há coisa que não acredito é nas pessoas :( ).



[...]

A amizade cresce. Ligas-me. Ligo-te. Partilhamos coisas de amigos. Contas-me a tua história de vida...

e fico pregada à parede, como que petrificada, sem saber o que te dizer... Sinto-me pequena ao pé de ti...

És um lutador, um menino que teve que crescer à força, mas que se tornou num homem como há poucos... És especial...

Obrigado pela partilha :)


O que me apeteceu?


ABRAÇAR-TEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Há músicas que se identificam tanto connosco que até mete impressão! :S BAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH


Ana Carolina -- Quem de nos dois - Clipe Oficial


Não tem nada a ver... mas esta música tormou-se especial no sudoeste :) (assim muito especial :)) Thanks a lot :)




Mundialito de Futsal Feminino

É hoje!

Depois de tanto treinarmos (é gozo, obviamente!), de tanta confusão de quem vai e não vai e depois de muita canela negra, lá vamos nós abrir o mundialito do nosso hospital!


Os serviços estão ao rubro, com claques formadas, músicas de bancada, hinos de abertura... enfim... um mimo :)

De facto, esta brincadeira moveu multidões, iclusive os/as chefes de serviço...


E depois da pouca sorte com os equipamentos, lá conseguimos arranjar um bonitinho de última hora :P Já temos golos encomendados, faixas com dedicatórias... enfim... só falta mesmo jogar :D (que é coisa que pouco sabemos... lol )

Mas como o importante é divertirmo-nos.... que seja um mundialito em grande...


Com o que já rimos à volta disto... já valeu a pena :D



Portanto: Hoje às 21:30.. lá vamos nós dar uns pontapés na bola :D

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Mas porque é que eu ainda me preocupo?




[sei que as palavras não são de facto o meu forte...]


Se há coisa que não gosto é falar por falar, "jogar" conversa fora...


Mas que tu és complicado.. és...

[e começo a ficar farta destes jogos de fala não fala... Portanto, faz como quiseres]

sábado, 18 de setembro de 2010









É isto que ando a ouvir repetidamente... Acho que está genial ;)
Obrigado Mano :)
M. - O que é que aconteceu ontem?

L. - Não te lembras?

M. - Sei que continuo cheia de sono e parece que apanhei uma valente carga de porrada...

L. -Tu nem me digas.. Também estou de rastos...

M. - Mas diz lá... O que é que aconteceu ontem?

L. - Tequilha e rebuçados de limão! Diz-te alguma coisa?

M. - Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh



[É nestas alturas que me lembro que aos 25 anos leva-se mais tempo a recuperar do que aos 19..]

Agora viva o reforço hídrico... [lol]

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Já estava a precisar de um dia assim...











E que belo dia de praia...
[Areal completamente vazio só para nós :)]
Não censuro. De maneira nenhuma.
Admiro, isso sim.
Pode até ser só 30 minutos. Mas a presença dela não é apenas física. Ela está lá, de corpo e alma e aquele tempo é só deles.
Admiro a coragem, a disponibilidade, a capacidade de entrega.

...
E eu? Continuo nisto... sem conseguir encarcar certas coisas de frente...
Continuo nisto. Continuo a fugir a cada dia que passa...
E não sei fazer de outra maneira. É mais forte do que eu.
Continuo assim... egoísta a tempo inteiro...



[ Porque (ainda!) há pessoas que me fazem rever tudo aquilo que tenho cá dentro...]

terça-feira, 7 de setembro de 2010




O mundo o que o mundo tem?




-Então dividam lá isso bem...

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Sigo, sozinha, descalça, as pegadas vazias que me levam a lado nenhum...



E como eu queria sair daqui...

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Bato palmas, chamo, assobio, bato na madeira da minha cama de mansinho para não fazer muito barulho (o nosso pequeno truque :) ), mas tu não me chegas com esse teu ar simpático de quem quer mimos, de quem me dá mimos... não ouço esse caminhar meloso e ladrar feliz de quem quer brincadeira...


[deixei o rolo de papel higiénico caído no chão... Voltei e estava intacto. Ninguém o roeu...]



Puta de vida

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Vazio*

Hoje tenho tempo. Passei o dia em casa de uma lado para o outro. Não fui trabalhar. Não consegui. Hoje tenho tempo. E sobra-me.

Tu também já não estás...



E eu continuo pra qui a fazer sei lá o quê!


Não percebo porque é que não sou eu a desaparecer...

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Pessoa de merda [sou]!

Vim escrever...
Vim escrever porque precisava de jogar na minha própria cara que sou uma pessoa de merda. Não tenho quem me jogue em cara e me diga directamente - que fui eu a culpada, por isso, escrevo. Escrevo para ver se me sinto mais mal ainda, porque mereço.
Não sei o que ando pr'a qui a fazer que olho e olho e não vejo nada! Não aprendo nada nesta procaria de vida!
Cheguei tarde, para variar... parece que tudo é mais importante do que as pessoas que gosto!
Devia ter ido logo contigo para o veterinário e mais nada! Mas não! Já era tarde, depois dormia pouco... Além disso não era nada confortável e a preguiça então... É não é? Estúpida de MERDA!
Que raio de pessoa és tu? Que raio de vidas levas tu? Tanto corres para viver essa vida apressada e te esqueces do mais importante?
Tinhas as melhores intenções o mundo, hoje sim senhor. Mas chegas-te tarde. A tua cadela preferida morreu, sozinha, triste e provavelmente cheia de dores! E onde é que tu andavas? A trabalhar... como sempre... E mais uma vez quiseste adiar para amanhã...
Quiseste dormir, não quiseste ter o incómodo de sair de casa à noite para ajudar a tua cadela... Que tanto conforto te deu! E tu? Abandonaste-a quando ela precisou mais de ti... E não resistiu...E agora? Choras? Tens pena? Remorços? Saudades?
Quem AMA... CUIDA, PROTEGE...
E tu?
Tu não vales nada...
[Precisava de alguém que me dissesse isto!] E nada serve de nada. Tu já não estás...
E hoje a casa ficou ainda mais vazia...
E o inverno será bem mais frio...

*

Idolatravas-me.

Estivesse triste ou contente - estavas comigo.
Quando chegava a casa, corrias para mim de contente, rabo a abanar e ladrar feliz. Eu não te dava nada, mas tu também não precisavas que te desse... Porque te contentavas só e apenas com a minha presença. Isso chegava-te. Isso bastava-te. Também passaste por maus momentos e conseguiste voltar a viver. Ainda agora partiste e já estou a rever as nossas fotos (para tirarmos uma simples foto tínhamos que o fazer várias vezes porque tu não paravas de me dar beijinhos (e fazias-me cócegas na bochecha)...
Agora não vou ter com quem me fechar no quarto e chorar até mais não. Sentias-me triste e rapidamente vinhas ter comigo à espera de me animares um pouco. E como me animavas!
Adorava deitar-me no chão do corredor e fazer-te festas no pescoço, colocar-te em cima da minha barriga como se de uma criança se tratasse. Fiel, foi coisa que sempre foste ao longo destes 10 anos. E eu não te dava nada. Apenas a minha presença te bastava.




Adoro-te Pantufa! A minha vida vai ser bem mais vazia sem ti, sem a tua respiração ofegante perto da minha cama, sem os teus passos pela casa, sem o teu ladrar rebelde e inocente, sem a tua companhia sincera, meiga e reconfortante...

E deixei-te a olhar eternamente para mim...

PS: Serás sempre a minha bola de pêlo... Dá um abraço apertado a quem tu sabes...

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

E agora vou dormir, que quanto mais leio, menos te conheço...






{Amanhã é dia de ir à faca... Mais uma cicattriz de guerra... enfim :( }

Porque há coisas que ainda não sei dizer que não...

Ainda não tenho a certeza se é verdade ou não o que acabei de fazer...

*
Falas-me e quase que respondo sem hesitar. Um pouco apreensiva (depois de repensar o assunto), mas não altero decisão. Podias-me ter mentido descaradamente com quantos dentes tens... Mas não! Aprecio a tua sinceridade, de facto.

Se for para ajudar, tudo bem, caso contrário fico irremediavelmente triste. Espero, portanto, não estar a entrar num beco (não sem saída), mas complicado!
Para ti não me arrependo, mas para pessoas que nem conheço? Sejamos conscientes... a boa vontade também se acaba... e se há coisa que eu não quero é ir para o céu!
E eu?
Mas pronto... já que é para te ver feliz... (e porque te admiro!) FAÇO!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Daqui a uma hora e quarenta e cinco minutos espero estar num estado zen [ou o mais precido que conseguir] no barco a caminho do farol...

Estou completamente cheia de sono, insuportável [fartinha de esperar que alguém se decida... e resolva o que nós não podemos resolver (se não, já o teríamos feito !)]. É este o sentimento de impotência das sete e vinte e oito da manhã...


Mas pronto... penso que daqui a bocado estou deitadinha na toalha tal e qual camaleão ao sol, e, como diz o amigo, daqui às oito e trinta da matina é um tirinho... [E ficamos bem mais felizes...



ou não!

porque pertencemos a quem está diante de nós... e quem está diante de nós também nos pertence...]

iRrEmEdIaVeLmEnTe...

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Hoje não há quem me tire este sorrisozinho parvo! :)




E mais não digo :P

[tarde-noite-manha-tarde-noite assim um bocadinho estranha, mas boaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa]

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Ando mais nervosa do que o habitual :(





[nao acho nada anormal nao se conseguir ultrapassar.. nao acho mesmo..]
- ah e tal... Tu ultrapassate...
Ultrapassei? [poff]

Decidir...

Nao É que saio a correr, pego no carro, pronta a resolver algo importante para a minha existencia e, JÁ quase a chegar...



PÁRO! Dou meia volta e volto para trÁs.



Porque ha coisas que, se calhar, nao tÊm que ser necessariamente resolvidas...


PS: Sei que ainda tenho que fazer o rescaldo do sudoeste... serÁ breve.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Meti-me com os profiterolis... [comi e lambuzei-me] e deu nisto!



Estou cheia de borbulhas!


Malvados! Porque é que tudo o que é bom tem o reverso?



BAHHHHHHHHHHHHHHHHH
Continuo a dizer que te quero e que [te] preciso mais presente!

domingo, 15 de agosto de 2010

Sou [eu], com tudo aquilo que sou, com tudo aquil que não sou, com tudo aquilo que tenho e não tenho. Sou [eu]; simplesmente eu. Porque o ser que não sou e o ser que me habita, mantêm-me presa nesse intervalo de espaço, quiçá tempo ou lugar perdido, onde não me encontro e onde também não me quero achar. Porque se me acho, dói! Prefiro, então, ficar por aí, por aqui ou por ali, nesse tempo ou espaço de encontro/desencontro, onde a marcha é desalinhada. Não compliquemos, portanto.

sábado, 14 de agosto de 2010

Quero-te mais PRESENTE!







[ou é exigir muito?]



quinta-feira, 12 de agosto de 2010

oH minha menina...

- eu não sou pior nem melhor que tu!

SoU ApEnAs dIfErEnTe.



[Põe uma pessoa que te é querida nesse plano e logo me dizes se não mudas a perspectiva! Dói não dói? Ah pois é..............................]


Não é que precise de te provar alguma coisa. Mas gosto que as coisas fiquem esclarecidas.

Apenas diferente, ok?
E vai que o céu está estranhamento luminoso e a brisa marinha embala até o corpo mais resistente...

E a conversa está boa e a companhia também.

E eu não me calo. E tu escutas-me.

E eu calo-me. 11111111111111111111111111111e1111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111

E eu escuto-te.

E mesmo depois de tanta coisa não há silêncio que incomode entre nós.

Bom saber que continuamos cá, um para o outro, mesmo que seja só de tempos a tempos.

E percorremos juntos o firmamento, sem dar o braço a torcer sobre a pintura que se esboça por cima de nós. E continuamos teimosos. Mas sempre nós :)

Bom saber.

PS: E o escuro afinal não nos mete medo :)

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

sw ;)

Passei só para dizer que estas férias têm sido uma surpresa positiva :)
[até tenho medo de dizer isto... não vá o homenzinho dos céus boicotar-me os planos...]



E pronto.. vou carregar o azulinho que esta tarde ainda quero dar muitos mergulhos pela costa vicentina ;)




here we gooooooooooooooooooooooooooooooo :D

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

6 horitas e 1o :P

fÉRIAS sEM fAzEr NenHUM... [lITErALmENTe]




e não é que a noite foi escandalosamente boa? Ou melhor... foi grave lol... eheheh



Parabéns Mariana :)


seis e dez cama - dez e meia coisa de mulheres -treze e trinta almoço - catorze praia - dezassete e trinta multa de estacionamento,lol - vinte saída da praia - vinte e uma jantarito - vinte e três e quinze dormir até à manhã lol...


Nice place, nice company.

Ah... e o sr bófia que se identifique, que anda pa i muita gente disfarçada lol...


E pronto ... é isto... tempo de férias escreve-se como se fala :) Não se pode trabalhar muiteeeeeeeeeeee :P


A noite foi tão loga que nos deu para isto...












Eu disse que tinha sido grave lol...
Só posso publicar este vídeo, já que os outros nos comprometem eheheheh

segunda-feira, 2 de agosto de 2010


Estou oficialmente de férias... mas férias mesmo... de tudo :)

E esta foi mais uma petiscada às duas da matina,depois de uma bela sessão de cinema...







Old times...
Pena o tipo das tostas não ser o mesmo :D aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahahahhh

Número 4 :P

Que a proposta me deixa surpreendida?
- Deixa.
Que me deixa intrigada?
- Deixa.


Pena que seja em local e contexto menos próprio e a horas pouco adequadas...
é que no meio de tanta brincadeira, de conversas de dizer verdade a brincar... às tantas confunde-se o que se quer com a brincadeira... Ou não! Quem sabe se a brincadeira... Todos sabemos que há campos em que a comunicação é complicada :P
...

Mas pronto, temos que nos manter conscientes e orientados (se bem que a vontade de desorientar era assim bués da grande... ahahahah), porque valores mais altos se levantam e, se bem me lembro, da última vez que fiz questão de me esquecer dos valores, por momentos, dei-me mal...

Portanto... deixa-te estar sossegadinha, no teu canto, que novas oportunidades surgirão...

Se era a oportunidade da minha vida? Não sei... Mas se tiver que ser... o mundo inteiro conspirará para que seja :)


Fazes-me bem? Sabias?
Ah... pois... não sabes... Ainda não te disse. :)
Bigada pelos momentos :)

quinta-feira, 15 de julho de 2010

:(

Como
é
que
se
consegue
mostrar
disponibilidade
para
escutar,
quando,
na
verdade,
aquilo
que
mais
se
quer
é
ser
OUVIDO?

Coisas que acontecem :(
[f*****]

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Overwhelming :P (part II)




Fim-de-semana wild :D


[já é um ritual, dizem... :D]
PS: Bela noite :D

Para a próxima rEbOlEm-Me pela areia, aTiRem-Me ao mar, mas, PLEASE... acordem-me, ok? Não quero perder outro nascer do SoL :P

terça-feira, 6 de julho de 2010




E como desejava...



[Esqueci-me da máquina, mas houve quem tivesse :) Bigada :)]



PS: Só se bebeu água... :D

sábado, 3 de julho de 2010

Mais coisas


Voltei. Saudades da minha metamorfose da alma, confesso. Todos os dias penso que devo passar por cá, mas o tempo livre é pouco... É verdade que também tenho sofrido de alguma preguicite aguda, mas a maior parte das vezes até tento... mas ainda o computador não iniciou e já estou a iniciar-me no primeiro sono... Bem... antes de começar a despejar coisas que me vão na alma, vou falar um bocadinho (mas só um bocadinho :)!), como combinado, da minha viagem a Portugal profundo... Foi muito BOM :) De facto adorei estar isolada de tudo o que é telecomunicações e até de pessoas. lol Pronto, pronto... só usei o telemóvel para 2 ou 3 mensagens, nada mais. Internet e televisão nem lhe toquei. Cafés? Supermercados? Nada disso... Acho que o café mais próximo ficava a uns 20km lol. E o que é que fiz? Completamente NADA :) Foram 5 dias de completa vida de sorna :D Passeei, ouvi o cantarolar dos pássaros, o respirar das árvores e o suspirar da lua... Enfim... um mimo :) Ah... é verdade... ainda trouxe uma recordação... Trouxe o nariz vermelho, não fosse esquecer-me tão depressa da viagem, lol. Levei um beijo demorado de um insecto qualquer que me deixou até algumas saudades, já que graças ao nariz vermelho toda a gente se esqueceu da Marisa... Sim porque ninguém perguntava por mim, mas antes pelo meu nariz lol
-Oh Marisa! Como está o teu nariz vermelho? Desatámos todos a rir.. claro (fez um turno de 8h comigo e quando está vestida, prontinha para sair do serviço, volta para trás numa correria a perguntar pelo meu nariz lol...)

Mais coisas:

- filme "Sexo e a cidade", recomenda-se... Especialmente na companhia de amigos :)
- crepes de chocolate com gelado de baunilha às 5h da manhã... (do melhor para se comer numa noite de Verão :))
- turnos na casa do vizinho é sempre qualquer coisa de estranho lol (já não me enganam mais ahaahah) - teve o seu lado positivissímo :D
- baldei-me aos turnos na unidade (tava a precisar de um tempinho para mim :)
- o meu dentista está mais sexy (apesar do seu cada vez mais vasto cabelo branco... ahahahah)
- praia ao sair de vela com pessoal do serviço e um careca intrometido é sempre bom ;)
- pasta medicinal couto - foi isto que me disseram ao ouvido às 7h da matina, quando já estava pronta a aterrar no sono... Claro que já não conseguimos dormir nada... Não seremos as mesmas pessoas depois disto :D ahaahha Fartámo-nos de rir :) Noite divertidaaaaaaaaaaa

PS: O próximo fim-de semana será wild... :D Isto se o homenzinho dos céus não resolver trocar-me as voltas...Pensamento positivo precisa-se lol
Tenho saudades do grupinho mai lindo :)
Voltei ao sorriso azul :P
O simpático da foto andava perdido por Portugal profundo... Tinha uns olhos lindos e não parava quieto - foi a melhor foto que consegui :S

Abreijossssssssss

Ah... é verdade... tenho que partilhar a descoberta do meu sobrinho:
- Olha um carro vestido! (reacção dele quando viu um carro coberto com um protector de sol :)
ADORO-TE MIÚDO :D [É esta inocência que nunca devíamos perder :)]

Agora sim... FUI

quarta-feira, 23 de junho de 2010


Quase perfeito...



Bigada... Doro-vos*

Abreijo :)

PS: Amanha passo cá com mais tempo... [espero]

terça-feira, 8 de junho de 2010

Voltei da minha aventura a Portugal profundo, mas estou demasiado cansada para escrever mais do que estas palavritas... Portanto... daqui a duas semanitas [quem sabe?] partilharei mais alguma coisita, já que só por essas alturas terei uma folguita... ou não... Quem sabe?



Ah!... a ver se não me esqueço de falar do meu nariz vermelho... :P

PS: Vou dormir que estou a rastejar de sono... Sim... é verdade... vou-me deitar às 21h:20min...

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Parabéns
[ao Homem da minha vida...]

Adoro-te MANO!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Portugal profundo...

Hoje vou partir.
Partir para conhecer as entranhas de Portugal, sem planos ou caminho certo...
Apenas sei que vou para ver se me sinto melhor, ou um bocadinho menos mal...
Foi tudo combinado à velocidade de um relâmpago.

Volto Domingo, com boas novidades, espero...

PS:Bigada pela tarde, pela companhia e pelos abraços apertados... :)
Bigada aos colegas pelas trocas à velocidade da luz :)
Vou fazer as malas.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Quando as expectativas que criamos, ainda que inconscientemente, face ao outro, se dissipam, ficamos assim...

pensativos... e a questionar se valeu a pena...

[Dei por mim a fazer uma lista das coisas boas e menos boas, para ver o que restava... Juro que nunca me passou pela cabeça fazer tal coisa. Realmente fiz, mas não terminei, pois às tantas tive medo do resultado...]

Abreijo :)





Abraço + Beijo :)

Já sei que ando lamechas... mas sempre EU... :)

domingo, 30 de maio de 2010

wowwwwwwww :O

Encostas-te de tal maneira que me enrosco a um cantinho do carro... [e quase que fico com a bochecha colada ao vidroooooooooooo]

E depois pedes-me desculpaaaaaaaaaaa?

- Desampara-me a lojaaaaaaaaaaa!

E desaparecemos na noite [...]

[Para a próxima juro que te dou uma DenTaDa com os meus super ferrinhos lol... Enfim... dUqUeS.. lol]


Um abraço à equipa :D Adorei a noite :) [tirando o pikeno pormenor lolollol :O lololloolol]
Tiro o chapéu à Anny... que com 15 dias de operada e uma tala na perna dançou a noite inteiraaaaaaaaaaaaaaaaaa :D

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Palavras tontas dizes tu...






Bigada :)

Big secret...

Querem saber um segredo?

Depois desta noite vou de férias :P

E mais não digo [obviamente...] :P

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Morria hoje, aqui e agora só por UM abraço vosso...



PS: e morria feliz...

terça-feira, 11 de maio de 2010

Esta foi a música mais ouvida no meu verão de 2008... E que verão... :)
Bom voltar a recordar os momentos em que esta música foi pano de fundo.. :)
Sim... porque a nossa vida tem que ter sempre uma banda sonora... não é?






E então?


Who doesn't long for someone to hold?

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Fim-de-semana atribulado? Nãoooooooo! Ora essa...

Quinta-feira

9:15

Saio do trabalho e vou a correr tomar um duche a casa. Tenho 45 minutos para estar em Faro, fresquinha e pronta para uma consulta.
Chego 10 minutos atrasada [já é tipico], mas até calhou bem... Terminada a consulta [que correu melhor do que esperava :)], vou dar um giro pelas ruas da capital algarvia, pois, como sempre, tenho um casamento no sábado [que é só o casamento de uma das minhas melhores amigas...] e ainda me falta comprar os sapatidos (porque andei andei e não vi nada que me agradasse... porque, como devem calcular não sou menina que se aguente com um salto hiper mega alto...) Bastou o casório do mano para sair de lá com os pezinhos capaz de ficar de molho uma semana :P)
Tinha combinado almoçar com o pessoal, mas, para variar, fiquei sem bateria no momento errado (pouca importância dou ao telefone e quando mais preciso dele faz-me destas...). Mas também não me importei porque o sono e o cansaço eram demasiados e mais parecia uma dependente a deambular pelas ruas da capital...

12:30

Finalmente chego à cama e preparo-me para dormir como se não houvesse amanhã...
O telefone toca e confirmo que desisti do almoço... e de voltar à capital nessa tarde para comprar os sapatinhos que não encontrei nestes dias todos... [LoL]

19:30

Acordo ainda cheia de sono e sem vontade de me levantar. Tenho que ir fazer noite [coisa que não me apetece nada...] e quem sabe ir um pouco mais cedo para ver se encontro alguns sapatitos que me encham o olho... [sim porque o tempo começa a escassear...]

21h

Saio de casa, mas antes ainda combino um café para o qual sei que não vou ter tempo, mas tento. Arranco com o volume do rádio assim um bocadinho alto... [:P]
A meio da viagem, não sei porque carga de água o meu azulinho mai lindo acende a luz de bateria e, uns 10 minutos depois, a luz do airbag também teima e manter-se ligada... Penso que se calhar é melhor começar a preocupar-me... Mas não tive tempo, porque entretanto o rádio falha, fico sem luzes e sem direcção... No meio do azar tive a sorte de que mesmo em frente tinha um lugar para estacionar... e pronto está a BARRACA ARMADA!
Resolvo a questão da boleia para o trabalho, pois ainda tinha um turno de 9 h pela frente(obrigada Lili... :)) e lá vou à minha vidinha encontrar qualquer coisa que me aconchegue os pezinhos no sábado... Sim porque chamar o reboque, nem pensar... Eram 22:15h e tentar resolver qualquer coisa numa hora era loucura...
Lá andei vendo as mesmas lojas pela quadragésima vez e nada... enfim... um filme...

23:30

Começo o turno, com uma noite pouco animadora pela frente... mas valia a pena ter esperança (lol).
[...]
De facto, a noite não foi má de todo, já que os nossos galos do serviço pouparam as meninas ... (ehehehe) Mas cada vez que me lembrava que ia sair cheia de sono, desejando de cair na cama e dormir e, em vez disso, tinha que ir rebocar o meu azulinho e levá-lo para a oficina... até me dava uma dor assim um bocadinho grande...


Sexta-feira

9H

E pronto... preparo-me para rebocar o carro, irrito-me, sou antipática porque neste país pouco se gosta de trabalhar... Claro que não consigo ficar calada e tenho que dizer que ando a pagar um seguro contra todos os riscos e tenho um atendimento de MERDA... Não sabem transmitir informações como deve ser e depois aparece-me ao pé um senhor resmungão que deve ter acordado com o rabo destapado e simpatia é coisa que não conhece... É claro que a paciência acaba e antipatia gera antipatia... E proto... lá tive que lembrar o excelentíssimo senhor que não ando a pagar um seguro caríssimo para aturar pessoas mal educadas, nem muito menos ter que andar a discutir que tipo de avaria teve o carro, porque NÃO SOU MECÂNICA (se bem que se fosse até podia ser mais bem paga e dormir todos os dias na minha caminha... mas não me vou queixar, porque ADORO o que faço e se reclamo é porque acho que todos merecemos melhores cuidados... mas isso é outra conversa...)
Ainda não tinha chegado à oficina e já me estava a doer a barriguinha só de pensar na conta choruda que devia de ser o arranjo do meu azulinho... Mas quando soube que não sabiam se conseguiam arranjar o carro até ao final da manhã então é que fiquei bem mais tranquila LoL...
Como é que iria comprar os sapatinhos... (quem lê isto até parece que só me preocupo com futilidades...) preparar as coisas de última hora e ir a Portimão num abrir e fechar de olhos? Sem carro? Nem pensar... Solucões...? Veículo de substituição?
Pois... essa foi outra... fiquei escandalizada quando soube que o meu seguro caríssimo não cobre problemas de mecânica... (o meu seguro e todos os outros... mas eu não percebo nada dessas coisas lol.. e pelos vistos não era a única... (;P))
Lá decidi alugar um carro, que foi a única hipótese que encontrei... Passei então o resto da manhã o habituar-me ao toyota yaris que tinha saída da fábrica ainda não há um mês... Tirando o facto de o ter deixado ir a baixo umas 3 vezes, porque já não me lembrava o que era conduzir um carro a gasolina, a viagem até correu bem... E não sei se já estava tão escaldada e o homenzinho dos céus se decidiu em dar-me um reforço positivo [poff], lá entrei numa lojita na baixa e vi logo os sapatitos que andava à procura - salto baixo e confortáveis! Claro que tive que pagar uma pipa de massa por eles... mas engoli em seco e pensei que era por ma boa causa...


12:30

Chego a casa (finalmente!). Nem sequer perco tempo em ir dormir. Almoço e preparo tudo para ir ao barlavento... Entretanto penso que se calhar até seria bom retocar o cabelo pois não me estava a apetecer acordar mais cedo de manhã para ir ao cabeleireiro... E assim faço...
Há... entretanto fico triste com a notícia que recebo do meu vizinho (que é só mais importante para mim do que muita gente da minha família...) que a minha vizinha não está nada bem e que tem que ir para o hospital.. Fico de rastos porque a minha vizinha (que é só mais importante para mim do que muita gente da minha família...) não sabe o que tem e o que eu sei é o suficiente para ficar apavorada :(

16:50

Só nesta altura consigo abalar para Portimão e já vou atrasada, porque entretanto ainda tenho que estar às 19h na oficina para devolver o carro, passar no hospital e depois ir jantar com o grupinho mai lindo...

18:15

Dou um abraço apertado ao homem da minha vida e esqueço todas as coisas menos boas que me aconteceram hoje! Oh que abraçooooooooooooooooooooooooo! Só por isso já valeu a pena ter alugado um carro e andar o dia inteiro numa correria... E pronto... regresso à capital, bem mais positiva e confortadaaaaaaaaaaaaa!

19:07

Chego à oficina e entrego o yaris. O meu carro está pronto! Não fico tão feliz com as 300 mocas que tive que lá deixar, mas pronto... que se lixe... o importante é que tenho o meu azulinho de volta! :)
Passo pelo hospital e vou jantar com o pessoal. Estou a tresandar de sono mas dormir é coisa que não vou fazer tão cedo e o que vinha mesmo a calhar era ingerir delicadamente uns copos e dançar a noite inteira para esquecer o que não quero lembrar... mas nem para isso tenho forças...

00:00

E assim foi... com o rescaldo do jantar e uns copos à mistura lá fomos matar saudades da bela vida de estudante (oh e como a vida era bela!)... Já não tenho pernas para dançar muito tempo mas vou sempre adiando o meu regresso a casa... O concerto ainda não tinha terminado e já a moleza me invadira... Não sou a única. Os tempos não são os mesmos e a idade também não. O trabalho tirar-nos qualidade de vida... isso é uma verdade psicológica...

Regresso a casa (não sei bem que horas são...!) e lembro-em que vou dormir quase nada e que amanhã vai ser um dia em cheio...

Sábado

10:30

Deixei-me dormir. A esta hora já devia ter tomado um duche e estar a caminho da cabeleireira... Fico mais descansada porque, como sempre, há gente mais atrasada que eu (esta piada é para ti Xana... :P ehehehe). Não era para levar o carro mas com o atraso vou ter que ir directamente para Albufeira se não ainda o atraso é maior...

13:00

Chego a casa da minha amiga Patricia (a noiva mai linda do ano!!!!!!!!!!!!!!!) e sou assaltada por um flash de pensamentos e emoções que me derretem a alma... Parece que ainda ontem estávamos a entrar para a faculdade e... enfim...

15h

A cerimónia foi linda. Foi bom estarmos todos juntos (e mais não conto :))


Domingo

3:30

A 1 minuto de casa ainda páro o carro e fico uns minutos na conversa (sim porque andamos sempre numa correria e mesmo morando perto há muito tempo que não sabemos um do outro... [és um mafioso que só combinas cafés a altas horas da madrugada, quando uma pessoa só quer é dormir lol... - pronto, está piada é para ti menino Filipe :P)
Chego a casa. Excusado será dizer que estou escandalosamente cheia de sono... não há luz e a minha aldeiazita mais parece um cenário de filme de terror... Nem quero pensar que vou ficar a dormir sozinha em casa...
A parte do ficar sozinha em casa passou rapidamente para segundo plano porque... qual não é o meu espanto quando me apercebo que fiquei na RUAAAAAAAAAAAAAAAAAAA...
Pois... os meus magníficos caezinhos, fofinhos, queridos, simpáticos, meiguinhos... deixaram a dona na RUAAAAAAAAAAAAAAAAA. Nem consigo acreditar na parvoíce que me está a acontecer... A minha avó está em Portimão e as minhas duas cadelinhas mais lindas... na ânsia de ver a dona (só pode!) com as suas patinhas peludas lá conseguiram (não sei como!) colocar o trinco da porta para baixooooooooooooo. E pronto fiquei na rua. :( Sem falar no pequeno pormenor que não havia luz na vila... e cada sombra que via mais parecia alguém a querer atacar-me!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! BAHHHHHHHHHHHHHHH
Um filme.
Vá lá que depois disto tudo, para compensar... lá dormi bem acompanhada lol (eheheh...pronto.. pronto... eu não conto para não ferir susceptibilidades lolololol :P)


12h

Acordo. Despacho-me apressadamente e vou almoçar com o grupinhooooo :) (é para aproveitar é para aproveitar :P)
Comemos, rimos, vemos as fotos do casório e mais umas coisinhas... ehehe

Entretanto ainda tinha que descobrir uma maneira de entrar em casa lol... E pensam que a minha aventura termina por aqui?
Não!

15:30

Pois bem. Arranco em direcção a casa a pensar no fim-de-semana caótico que me tinha saído na rifa... Estava um trânsito parvo para um domingo à tarde... Metade do caminho foi um pára-arranca daqueles que aborrece... Pois não precisou muito para aqui a menina espertinha se distrair e olhar para o espelho (porque tive a sensação que tinha sangue no lábio...) e PUMBA!
Bato no carro da frente e fico aterrorizadaaaaaaaaaaaaaaaa!
O meu azulinho partiu um bocadinho da grelha que também foi um bocadinho para dentro (não consigo abrir o capot, pois a fechadura deve ter ido ao ar...) O outro carrito ficou com o pára-choques metido assim pa dentro, estão a ver? (lá fiquei a saber o que era o pára choques..lol).
Parámos o trânsito... A PSP não apareceu.. (devía de andar pa i ocupadíssima a passar umas multas e tal...) Não tinha o papel do seguro amigável e mais uma vez constatei que a minha seguradora é do mais amistosa e simpática que há... Lá tive outra vez que lembrar ao senhor a quem liguei a pedir ajuda (porque não sabia o que tinha que fazer...) que não ando a pagar um seguro carissímo para ter uma assistência de MERDA e onde a simpatia não é postura habitual...
Enfim... Começo a achar que é preciso andar sempre a lembrar estas coisas para se trabalhar como deve ser...

17:30

Depois de tudo resolvido (menos a tristeza que me ia na alma...), lá fui para casa para resolver mais o pequeno problemazito da PORTA! Vá lá que os meus primos lá apareceram na hora certa e o homem da bola lá me abriu a porta com um golpe de sorte que não tive no fim-de-semana inteiroooooooooo...

Há... mas ainda não acabou...
Lembram-se das fotos do casório?... Ah pois é... em 40 fotos que tirei... foram só pra i umas 5 que não ficaram desfocadas... Bom não é?lololol Isto só me faz lembrar que se calhar, assim de repente, devo ler o livro de instruções (que não é propriamente pequeno!) da minha máquina magnífica lOl...

Enfim... não sei se me hei-de RIR ou CHORAR...

E foi assim.. o meu fim-de-semana... ATRIBULADO? NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!?

PS: Bigada amori por eu olhar para o lado e ali estavas tu a chegar :)
Bigada aos primos:)
Parabéns aos noivos...
Bigada ao Miguel (também merece!)... pela simpatia... mesmo depois de lhe ter batido no carro...


*
Bigada ao grupinho mai lindo [companheiros de todas as horas]:)

PoRqUe QUaNDO aCOrDO gOSTO De sAbEr qUe, Se cAiR, tENHO uMa ReDe Que Me sUPoRtA ...


[Desculpem a escrita mas ainda estou a recuperar desta aventura...]

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Há 4 noites que não sei o que é dormir em casa e ainda tenho mais 4 noites pela frente...Ah... tirando o facto que ando há 3 dias a fazer sempre 16 horitas seguidas... Até gostava de pensar que a próxima semana será mais calma... mas a história é muito parecida... Mas pronto, ok... Tudo se faz... isto e mais umas coisinhas...
Quando se pensa de mais... o melhor é mesmo colocar a primeira e arrancar sem destino nestas maratonas que funcionam quase como uma lavagem interior...
[O bom disto tudo? Fugir da realidade (que ainda não acredito!) e cair exausta na cama...]

domingo, 2 de maio de 2010

Sente-se livre. Voltou a sentir a leveza de espírito que experimentara na adolescência. É a Leonor. A menina mulher que cresceu a acreditar em algo que hoje não consegue perceber... A menina mulher que cresceu a tentar lutar por causas que hoje deixou de defender... A menina mulher que hoje não sabe quem é, onde está, nem para onde vai... A menina mulher que HOJE desistiu de tudo o que tinha e não tinha... Hoje, ela deixou de ser a irmã do Manuel, a tia do Francisco, a cunhada da Cristina, a neta da avó Maria, a amiga da Isabel, da Filipa, do Duarte, para passar a ser simplesmente a Leonor. Antes de ser tudo o resto, era a Leonor.

...

Deambula cansada, de olheiras fundas e cabelo desgrenhado ao sabor do vento gelado da noite. Sente-se leve. É a única coisa que sabe e a única que quer saber naquele momento.
Está confusa e desorientada. Não sabe o que é verdade ou mentira. Talvez seja por isso que se sente bem, pensa.
...
...
...

Senta-se no chão. As horas passam e o efeito também. O corpo, agora pesado, já não se sente livre mas, sim, preso. Não tem forças, mas também já não precisa. O sorriso é forçado, gélido e sem côr. As palavras transformaram-se em gemidos de dor e o aperto no peito é cada vez maior. Sente-se desvanecer...

...

...
...

É encontrada no chão, gelada, sem vida.
O sorriso forçado e sem côr mantinha-se.
Teve que deixar de ser a irmã do Manuel, a tia do Francisco, a cunhada da Cristina, a neta da avó Maria, a amiga da Isabel, da Filipa, do Duarte... Só assim teve coragem. Teve de se desligar de tudo e de todos para o conseguir. E fê-lo, na ânsia de se voltar a encontrar com todos aqueles que gosta, num qualquer lugar ou tempo mais feliz...